• Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon

© 2023 by Networking Talks.  Proudly created with Wix.com

Retórica e figuras de linguagem 

para produção de conteúdo
INSCRIÇÕES EM BREVE!

O que é retórica?

 

Convencer, influenciar, defender opiniões por meio do discurso… Analisar escolhas, fazer propostas, executar planos. Enfeitar a comunicação. Manipular? A retórica transita nas fronteiras entre técnica, ciência e arte da linguagem. Tal versatilidade permite o emprego, em diferentes atividades discursivas, dos múltiplos recursos que ela oferece. As figuras de linguagem (ou seriam figuras de retórica?) estão entre esses instrumentos.  

 

“Entendamos por retórica a capacidade de descobrir o que é adequado a cada caso com o fim de persuadir”. (ARISTÓTELES, 2000, p.48)

 

"[...] a retórica é a disciplina da impropriedade do sentido" (FIORIN, 2014, p.28)

 

A OFICINA - Carga horária: 12 horas 

 

Sexta (25.10 - de 18h30 às 21h30)

1. Conceitos

1.1 - Retórica - definição, história, polêmicas e usos

Exercício de análise do emprego da retórica/argumentação em diferentes gêneros discursivos.

1.2 - Figuras de linguagem ou figuras de retórica? Quais são?

Exercício de análise do emprego da retórica/argumentação em diferentes gêneros discursivos.

Sábado (26.10 - de 9h30 às 13h e 14h às 18h30)

2. Emprego das figuras no texto.

Exercício de escrita - redação de texto .

Leitura, discussão e feedback.

 

3. Na imagem fixa (arte/fotografia).

Exercício de produção.

Apresentação, discussão e feedback.

 

4. No vídeo.

Exercício de produção.

Apresentação, discussão e feedback.

 

5. Imagem + texto.

Exercício de produção.

Apresentação, discussão e feedback.

 

Quem vai conduzir este mergulho?

ANDRÉ RAMOS  

Designer - especialista em visualidades

Doutor em Arte Contemporânea pela Universidade de Brasília (UnB), mestre em Educação pela UnB, graduado em Desenho Industrial, com habilitação em Design Gráfico (UnB). Professor dos cursos de Pós-Graduação em Gestão da Comunicação nas Organizações; e Processos Criativos em Fotografia em Brasília; professor titular em um curso de graduação em Publicidade e Propaganda em Brasília. Responsável pela identidade visual do material de divulgação do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro. Atuou como consultor (PNUD, IICA) na Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, no Ministério da Justiça, no Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI); como consultor internacional em design e comunicação, desenvolveu projetos para a Ordem das Cooperativas do Brasil (OCB), Federação do Comércio (Fecomércio), Senac-DF, Previdência da Eletronorte, Editora da UnB, Escritórios da ONU (UNODC, UNFPA, USAID), Organização Internacional do Trabalho (OIT), Ministério do Meio Ambiente, Ministério da Justiça, Ministério da Educação, Ministério do Desenvolvimento Agrário, Ministério da Saúde, Ministério do Trabalho e Emprego e Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, entre outros; tendo obtido reconhecimento por meio de vários prêmios recebidos, inclusive alguns internacionais.

CAROLINA ASSUNÇÃO E ALVES

Jornalista e escritora - especialista em conteúdo audiovisual

Pós-doutorado em Linguística Aplicada no Laboratoire Communication et Politique no Centre National de la Recherche Scientifique (CNRS - Paris, França). Mestra e Doutora em Linguística do Texto e do Discurso pela UFMG (Doutorado sanduíche - Université Paris 13 - Centre D'Analyse du Discours). Professora em cursos de pós-graduação em Marketing Digital, Comunicação em redes, Gestão da Comunicação nas Organizações e Processos Criativos em Fotografia, em Brasília; professora titular de disciplinas em cursos de graduação em Jornalismo, Publicidade e Propaganda e Audiovisual, em Brasília. Trabalhou durante 10 anos na produção e edição de reportagens para telejornais das emissoras TV Alterosa (SBT Minas - Diários Associados) e TV Globo Minas. Atuou como consultora (UNESCO) no Ministério da Educação. Produtora de conteúdo - redação, roteiro e edição de vídeo. Autora de capítulos publicados em livros organizados pela UFMG e Université de Picardie na França, artigos publicados em revistas científicas de instituições como UNICAMP, UFGRS e UFMG. Já apresentou suas pesquisas em eventos internacionais no Brasil, Argentina, Estados Unidos e países europeus.

 

INSCRIÇÕES EM BREVE!