top of page

A desinformação ameaça? Chame os Caça-farsas!

Estudantes do ensino médio viram caçadores de fake-news em atividade de educação midiática contra a desinformação


A ideia do professor de biologia Estêvão Zilioli era preparar a turma para identificar fontes seguras e questionar informações duvidosas no campo das Ciências: os “Caça-farsas”!


O jogo de palavras com o título em inglês do filme cult Os caça-fantasmas (Ghostbusters, 1984) dá nome a este projeto de combate à desinformação por meio da checagem de fatos.


A iniciativa ganhou o apoio do Google for Education e uma plataforma on-line. Lá você encontra selos para classificação da informação e planos de aula para educadores que queiram aplicar o método (links no final deste post).

Combate ao discurso de ódio e à desinformação

Os Hoaxbusters são nosso destaque pelo Dia Internacional da Educação, comemorado oficialmente em 24 de janeiro desde 2019, por determinação da ONU. A data foi proclamada para reconhecer a importância do 4º Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 das Nações Unidas: "a educação é um direito humano, um bem público e uma responsabilidade pública", presente na Declaração Universal dos Direitos Humanos (1948) e na Convenção Internacional sobre os Direitos da Criança (1989).


O tema deste ano é “aprender para uma paz duradoura”, no combate ao discurso de ódio. A escola e os professores desempenham papel fundamental para a construção de uma cidadania consciente, respeitosa e pacífica. Enfrentar o discurso de ódio por meio da educação: um guia para formuladores de políticas foi lançado em 2023 pela UNESCO. 


A educação midiática é primordial nesse sentido, o que você acha? Deixe sua reflexão sobre o assunto nos comentários, me interessa muito saber.

Links e referências

Mergulhos na Educação Midiática


Hoaxbusters


ONU

Por Carol Assunção, jornalista, consultora, professora e pesquisadora

escafandro cursos livres

bottom of page